Cultura Ágil

Como trabalhar métodos ágeis em empresas com culturas diferentes?

Por: Dextra, agosto 12, 2021

Confira quais estratégias seu e-commerce precisa adotar — e quanto tempo antes — para estar pronto para a explosão de acessos e vendas na principal data do comércio

Como já falamos anteriormente em nosso blog, os métodos ágeis são implementados nas empresas com o objetivo criar produtos e / ou serviços e disponibilizá-los no mercado de forma rápida e assertiva, e que possibilite, também, a adaptação ágil às mudanças exigidas pelo mercado altamente competitivo. 

Mas como implementar esses métodos ágeis em times ou empresas que possuam culturas completamente diferentes? Como realizar uma gestão eficiente desses times diante de um cenário tão desafiador? Essas são as questões que vamos trabalhar nesse artigo. Prepare-se e boa leitura!

 

A metodologia ágil exige multidisciplinaridade

Um dos princípios básicos dos métodos ágeis é criar squads que sejam multidisciplinares, para que todas as possibilidades e variáveis na criação de um produto sejam levantadas, testadas e validadas. Dessa forma, além de levarmos em consideração os conhecimentos específicos e profissionais do squad, é importante, também, considerar a bagagem e as diferenças culturais desses. Na metodologia ágil, a diversidade é essencial.

Com base nesses conhecimentos, cabe ao gestor do squad lidar com as diferentes culturas e conhecimentos presentes em seu time para direcioná-los em favor do projeto. 

Elevando a situação para um patamar ainda maior, quando falamos sobre aplicar os métodos ágeis em empresas com culturas diferentes, é preciso ter uma gestão ainda mais preparada e eficiente para gerenciar múltiplos projetos ao mesmo tempo, estabelecendo metas claras e realizadas em sprints.

 

Como estabelecer uma liderança eficiente?

Os líderes mais eficientes nos métodos ágeis têm conhecimento que seu papel principal não é controlar o time, mas sim organizar os sprints e empoderar cada agente do squad para que seja responsável por suas metas e entregas. 

Falando na gestão de times e empresas com culturas diferentes, uma boa opção é apostar em uma cultura DevOps, que alia a tecnologia com os recursos humanos dos times. Essa cultura DevOps tem foco em um processo cíclico que aborda todas as etapas do projeto, do planejamento ao lançamento do produto digital com avaliações, testes e otimizações constantes. Ela subdivide os sprints de forma que todo o squad esteja envolvido nessas etapas, o que torna o processo muito mais rápido e eficiente. 

 

É preciso construir uma base de conhecimento

As empresas que ainda não tenham estabelecido uma cultura DevOps e não saibam utilizar os métodos ágeis precisam avaliar sua capacidade corporativa de implementar essas práticas, visto que os métodos exigem maior autonomia dos colaboradores. 

Vale lembrar que a mudança não é um fator que ocorre do dia para a noite. É preciso considerar que há uma mudança cultural em implementação e os resultados devem ser avaliados de acordo com cada etapa conquistada, validando o processo. O mais interessante é que, visto que a cultura DevOps começa a agilizar e facilitar os processos da empresa, esses resultados podem ser observados em menos tempo.

Uma solução para empresas que buscam implementar os métodos ágeis e a cultura DevOps é contar com apoio de times especializados nessas questões, que podem desenvolver em conjunto com sua empresa cada etapa da mudança e criar as melhores soluções. 

 

Conte com a Dextra!

A Dextra tem experiência na utilização de métodos ágeis e possui sua própria cultura DevOps, o que é ideal que possamos trabalhar em conjunto para gerir times e empresas com culturas diferentes.

Marque uma conversa e veja como podemos trabalhar, juntos, para alcançar os melhores resultados.

 

Posts relacionados

  • Receba nosso conteúdo em primeira mão.